quinta-feira, 23 de junho de 2011

Os Super Soldados Nazistas


O esperado filme do Capitão América estréia em julho, mas essa história de super soldados não é só coisa de cinema e quadrinhos não. Cientistas nazistas tentaram criar "super-homens" para lutar na 2º Guerra Mundial!!

Uma recente pesquisa realizada pela Associação Médica Alemã divulgou detalhes sobre a utilização de drogas entre as forças do exército nazista com a finalidade de aumentar a força e a resistência dos soldados alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Segundo documentos da Wehrmacht -o exército alemão- até agora desconhecidos, de entre 1939 e 1945, as autoridades militares nazistas distribuíram entre seus soldados um total de 200 milhões de pílulas de um composto chamado Pervitin, cuja fórmula farmacológica correspondia com a metanfetamina.

Segundo este estudo, os soldados receberam esta substância com a finalidade de que desenvolvessem uma maior força, resistência e ferocidade durante os combates, algo que contrasta notavelmente com os preceitos nazistas que preconizavam um estilo de vida saudável entre suas forças, recusando o consumo de álcool e fumo com o fim de manter uma raça ariana pura e forte.

Os pesquisadores da Associação Médica Alemã explicaram também que os cientistas nazistas experimentaram ademais com um derivado da cocaína, um estimulante que estaria destinado aos soldados da primeira linha e cujos efeitos foram testados nos prisioneiros de campos de concentração.

Segundo o criminalista Wolf Kemper, autor do livro Nazis on Speed, esta substância –batizada como D-IX– foi administrada a prisioneiros do campo de Sachsenhausen, que foram obrigados a percorrer mais de 110 quilômetros sem descansar, enquanto carregavam um peso superior aos vinte quilos. O plano era distribuir esta nova "droga da morte" entre os soldados, mas a surpresa que supôs o desembarque de Normandia frustrou os planos dos cientistas nazistas.

4 comentários:

Anónimo disse...

sera mesmo, a historia é bem parecida ah uma boa possibilidade de que a historia do capitão America tenha sido tirada das experiencias nazistas nos humanos, mais vai sabe né =/

Anónimo disse...

Meu avô era alemão e serviu na guerra nas forças de elite (soldados de confiança) de Ritler e contava a meu pai e meus tios que no campo de batalha tinha um soldado que se destacava pois era muito alto extremamente músculoso muito rápido com uma força sobre humana tinha como vestimenta mais parecendo a bandeira americana com uma estrela no peito e um escudo que quando era lançado cortava os soldados alemães Al meio e jurava com todas as forças que sua história era verdadeira

Anónimo disse...

Pois meu biza vo que também foi um soldado alemão passou está história a seus familiares por décadas depois da guerra minha vo disse que ele jamais mentiria e jurava que dizia a verdade ele também se torturava muito pelas atrocidades que teria cometido

Anónimo disse...

Só mentiras judaicas-holocau$ticas e merda de "cultura" americana!