sábado, 26 de fevereiro de 2011

Dead Island, novo jogo de zumbi com trailer genial!



À primeira vista, Dead Island não parece nem um pouco inovador, afinal não é de hoje que estamos acostumados a jogos com zumbis sedentos por cérebros e loucos para arrancar um pedacinho de você. Mas se você pensou assim, certamente vai mudar de idéia depois de ver este cinematográfico trailer do jogo, que foi inteligentemente feito de trás para frente. O resultado ficou fantástico e genial!

[Atualizado] O trailer, que mais parece um curta metragem, venceu um prêmio no festival de propaganda em Cannes. A Techland venceu o Cannes Lion International Festival of Creativity na categoria filme para internet, superando trabalhos de marcas como Google e Skittles. Super merecido!!



O jogo tem uma proposta um pouco diferente de seus similares, os personagens são cidadãos comuns, que têm suas férias interrompidas numa ilha pelo ataque dos zumbis. No controle de um deles, o jogador deve investigar um mundo aberto, seja a pé ou em seus veículos, em busca de um jeito de escapar enquanto descobre os motivos que levaram à infecção da ilha. Há também um modo cooperativo, que permite a união de até quatro pessoas em busca de um único objetivo: sobreviver. Dependendo das decisões tomadas a história pode ser modificada, gerando desdobramentos no enredo.

O sistema de combate, promete a produtora, é realista, sendo possível utilizar o que estiver no ambiente como arma. Machados, canos e eletricidade são algumas das armas disponíveis. Os zumbis de Dead Island terão diversas camadas de tecidos, carnes e músculos, e reagirão de forma realista aos golpes desferidos pelos jogadores, o que resultará em uma carnificina total, com membros sendo arrancados e zumbis andando por aí com órgãos internos aparecendo. Da mesma forma, os corpos dos mortos não serão frágeis e, para acabar com eles, será preciso golpeá-los em partes específicas, maximizando o dano e mandando-os de vez ao além.



O game da produtora Deep Silver tem data de lançamento prevista para agosto de 2011 para PS3, Xbox 360 e PC.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Os mais incríveis castelos pelo mundo

Embora tenham sido projetados e construídos durante a Idade Média com o intuito de ser uma moradia fortificada para proteger o rei e sua família contra ataques inimigos durante as batalhas, hoje os castelos nos encantam por serem construções belíssimas, que parecem irreais, retiradas diretamente dos contos de fadas. Gigantes, sombrios e extremamente belos, conheça alguns dos castelos mais incríveis e fascinantes do mundo!


Castelo Hunyad

Esse aspecto fantasmagórico do castelo ao lado combina com a sua historia.

Localizado na Transilvânia, Romênia, o Castelo Hunyad pertencia anteriormente ao Principado da Transilvânia, e acredita-se que foi aí que o nobre Vlad III, conhecido como “Vlad, o Empalador” (que teria inspirado Bram Stoker a criar seu imortal Conde Drácula) foi mantido prisioneiro por 7 anos depois de ser deposto, em 1462.


É um prédio imponente e complexo, com tetos coloridos, torres e janelas trabalhadas, além de varandas feitas em pedras entalhadas. Os portões da sua prisão são assustadoramente bem-feitos, chegam a ser bonitos. Realmente, o cenário ideal para os anos de prisão de um dos personagens mais cruéis da história. Por causa de seu principal morador, este é o meu castelo favorito!


Castelo de Neuschwanstein


Localizado na Baviera, Alemanha, o castelo de Neuschwanstein foi construído por Luís II da Baviera no século XIX, o castelo possui um estilo fantástico, o qual serviu de inspiração ao "Castelo da Cinderela", símbolo dos estúdios Disney. É um dos mais populares destinos turísticos europeus, além de também ser considerado o principal "cartão postal" de toda a Alemanha. Conheça o magnífico interior deste castelo, neste post.

Castelo de Chambord


Dado que Chambord foi, oficialmente, construído para servir apenas como um pavilhão de caça para Francisco I da França, é uma construção impressionante. O palácio, localizado em Loir-et-Cher, na França, raramente esteve habitado. As massivas salas, janelas abertas e tetos altos eram impossíveis de aquecer e além disso, ele se encontrava longe de qualquer outra moradia, logo, não era realmente prático viver ali por muito tempo.

Monte Saint Michel



O monte Saint-Michel é um ilhote rochoso na foz do rio Couesnon, no departamento da Mancha, na França, onde foi construído a mando do bispo Albert, por volta de 708, em homenagem ao arcanjo São Miguel. Durante a Guerra dos Cem Anos, entre França e Inglaterra, o Monte Saint-Michel foi uma fortaleza inexpugnável, resistindo a todas as tentativas inglesas de tomá-la e constituindo-se, assim, em símbolo da identidade nacional francesa.  Sua grandiosidade torna-o um dos pontos turísticos mais famosos do país, com uma freqüência anual de mais de 3,5 milhões de visitantes. O mosteiro só pode ser acessado a pé durante a maré baixa.

Castelo de Windsor



O Castelo de Windsor localiza-se na cidade de Windsor, na Inglaterra. Com a função de Palácio Real, é uma das principais residências da monarquia britânica, que nele passa a maior parte dos finais de semana. Entre as suas principais atrações, destacam-se a coleção de armas e a Casa de Bonecas da Rainha Maria. É o maior castelo ocupado do mundo.

Castelo Hohenzollern



Este castelo digno de conto de fadas situa-se nos Alpes da Suábia, perto da cidade de Hechingen, no estado alemão de Baden-Württemberg. O castelo foi sede histórica da família aristocrata Hohenzollern, dinastia soberana da Prússia e do Império Alemão, até o fim da Primeira Guerra Mundial. Sua origem remonta à Idade Média - foi construído no século 11, e foi completamente destruído em 1423 e reconstruído em 1461. A vista do castelo que fica no topo do Monte Hohenzollern (855 m) é tão impressionante como o próprio complexo.

Castelo de Neuchâtel


O castelo, construído no final do século 10, foi do rei Rodolfo III de Borgonha. Reconstruída no século 15 e 17, hoje o castelo é a sede do governo cantonal e os tribunais. Situado numa pequena colina, bem no centro da cidade de Neuchâtel, na França, é impossível de passar despercebido.

Boldt Castle


Boldt é um belo castelo centenário construído por George C. Boldt, como um símbolo de amor por sua esposa Louise. Com a morte repentina de sua esposa, em 1904, George C. Boldt interrompeu a construção. Depois de sete décadas de abandono o castelo foi vendido em 1977 e concluído deste então. O Castelo está localizado em New York (EUA).


Castelo de Werfen


Ao sul de Salzburg, no alto do vale Salzach, triunfa o majestoso castelo Hohenwerfen do século XI. Hoje podemos simplesmente desfrutar da grandiosa vista de todo o vale, o que na época tinha status de um baluarte estratégico.


Palácio da Pena


O Palácio Nacional da Pena é um palácio do Romantismo localizado em São Pedro de Penaferrim, concelho de Sintra, Portugal. O palácio fica no topo de uma colina acima da cidade de Sintra. Em um dia claro, pode ser facilmente visto a partir de grande parte da área metropolitana de Lisboa.


Hochosterwitz Castle


Hochosterwitz Castle é considerada um dos mais impressionantes castelos medievais da Áustria. Ele está situado em uma rocha de 160 metros perto de Sankt Georgen am Längsee, a leste da cidade de Sankt Veit an der Glan no estado da Caríntia. O castelo é um dos marcos do Estado e pode ser visto a partir de cerca de 30 km em um dia claro.

Dunrobin Castle


Dunrobin Castle é uma casa senhorial em Sutherland, na área das montanhas da Escócia. É a sede da condessa de Sutherland e do Clã Sutherland.


Culzean Castle



O Castelo de Culzean localiza-se perto de Maybole, em Carrick, na costa de Ayrshire, na Escócia. Foi a residência do marquês de Ailsa e atualmente pertence ao National Trust for Scotland. O castelo encontra-se em posição dominante sobre uma formação rochosa e encontra-se aberto ao público. Desde 1987 uma ilustração deste castelo encontra-se figurada no reverso das notas de cinco libras emitidas pelo Banco da Escócia.

Castelo de Frederiksborg 



O seu nome é em homenagem ao rei Frederico II da Dinamarca, e este edifício simboliza o poder da monarquia absoluta dinamarquesa. O palácio foi destruído, em 1839, por um violento incêndio, vindo a ser reconstruído posteriormente. Localizado na cidade dinamarquesa de Hillered, atualmente o castelo abriga o Museu de História Nacional da Dinamarca.

Hatley Castle


Localizado em Victoria, na Colúmbia Britânica, no Canadá, o Hatley Castle tornou-se famoso por ser a Mansão X, da fraquia de filmes X-Men e também a residência dos Luthors, na série Smallville

Castelo de Glamis


O Castelo de Glamis  é um palácio que se localiza na aldeia de Glamis, a doze milhas da cidade de Dundee, em Angus, no leste da Escócia. Pertencente à família Bowes-Lyon, um dos mais antigos clãs da nobreza escocesa, é atualmente a residência do Conde e da Condessa de Strathmore, que abrem o castelo ao público. Este é um dos castelos mais famosos do mundo. É mencionado na peça MecBeth, de Shakespeare, aparece no verso da cédula de dez escocesa, foi o local onde nasceu Lady Elizabeth Bowes-Lyon, mais conhecida como Rainha Mãe, e também o lugar onde o rei Malcolm II da Escósia foi assassinado, mas sobretudo o castelo é famoso por ser um dos locais mais assombrados da Europa, palco de várias lendas assustadoras, mas isso já é história para outro post...

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Quando os Mortos Matam - Capítulo 4

 Capítulo 4

Os carros continuavam a aparecer, não havia ninguém em nenhum deles, e isso já estava nos deixando preocupados, nossa chance de encontrar o tio Paulo vivo diminuía cada vez mais. Vítor estava ao meu lado, no banco do carona, curvado, com os cotovelos apoiados na perna e com as mãos na cabeça, claro sinal de nervosismo e ansiedade.
Fomos seguindo até que avistamos a silhueta de algumas pessoas mais a frente, nós ficamos todos felizes achando que eram alguns sobreviventes, mas conforme nos aproximamos percebemos que não eram mais pessoas. Mesmo assim me certifiquei bem, antes de passar com o carro por cima de todos eles.
Depois de tanto sacrifício, chegamos ao Hipermercado. Estava tudo muito silencioso, quando entramos vimos que não havia ninguém. Então, Vítor desesperado por querer achar o seu pai, começou a gritar chamando por ele. Eu disse para ele fazer silêncio, pois poderia atrair os zumbis.
Fomos andando pelo Hipermercado que de tão grande parecia um Shopping Center, só que abandonado pois, como eu já disse, não havia ninguém, até aonde nossa vista alcançava.
Com o objetivo de achar o tio Paulo, nós nos separamos. Vítor e Leandro, armados com suas metralhadoras, foram pelo lado direito do mercado, enquanto eu, Fernanda, Pedro e July fomos pelo outro lado, os corredores eram enormes, divididos em produtos de limpeza, carnes, frios, etc.      
Andamos e andamos até que ao dobrar-mos em um corredor, avistamos três deles, pelas roupas julgamos que seriam uma simples família, uma senhora, um rapaz e uma jovem adolescente, que era, ou melhor, foi uma linda garota. Nós os matamos.
Parece que Vítor e Leandro também encontraram companhia, pois nós escutamos vários tiros, seguidos por gritos do Vítor e Leandro pedindo socorro, nós demos a volta em todo o mercado até achar eles. Vítor estava sendo atacado por um zumbi, e o pior, este zumbi era o seu pai. Com o terno todo ensanguentado e rasgado.
Vítor empurrava a cabeça da criatura para trás, para que ele não o mordesse, a sua metralhadora estava no chão, e mesmo assim nós não podíamos atirar, pois corria o risco de acertar no Vítor, eles estavam muito próximos.
Vítor não aguentou a força que o zumbi estava fazendo contra ele, então ele caiu no chão, se desconcentrou e foi mordido no ombro, dando um grito que ecoou por todo o Mercado.
Eu tinha que fazer alguma coisa, olhei ao meu redor, estávamos em um corredor onde tinha vários utensílios de cozinha, então eu peguei uma faca enorme, tirei da embalagem e enfiei na parte de trás da cabeça do zumbi que estava no chão por cima do Vítor, e então ele morreu.
Ajudamos Vítor a levantar e analisamos a sua mordida. O zumbi não arrancou um pedaço, mas deixou várias marcas profundas de dentes. Nada que um curativo não resolva, e para isso fomos até a farmácia que havia dentro do Mercado.
Usando esparadrapos, gaze, e um pouco de soro que encontramos pela farmácia, Fernanda fazia um curativo no Vítor, enquanto eu e Leandro ficamos de guarda na porta, caso mais mortos-vivos aparecessem.
Quando Fernanda terminou de fazer o curativo no ombro do Vítor, saímos da farmácia para ir embora do mercado, quando Pedro e July reclamaram de fome, realmente com todo esse sufoco, nem tomamos café da manhã e já estava na hora do almoço. Fomos a uma área do hipermercado onde tinha vários artigos esportivos e pegamos uma mochila para botar comida, afinal precisávamos de suprimentos para sobreviver. Pegamos água, refrigerantes, pacotes de biscoitos, salgadinhos, tudo o que fosse não perecível e pronto para consumo.
Enquanto pegávamos os suprimentos, um zumbi lentamente se aproximava de nós, tínhamos tempo suficiente para pegar comida e ir embora sem precisar gastar bala com ele, mas eu fiz questão de mata-lo, adorava estourar os miolos dessas criaturas, servia como uma terapia para mim, de certa forma eu me sentia bem.
E então já estávamos nos dirigindo à porta de saída do mercado quando mais um deles surgiu, com o terno todo rasgado e vermelho de sangue, devia ser outro segurança, seus olhos estavam ambos revirados e vinha com os braços estendidos em nossa direção. Mas uma coisa o diferenciava dos outros, ele corria, e rápido, vinha para cima de nós e quando se aproximou, Vítor o metralhou. O zumbi caiu no chão então eu me aproximei um pouco e dei o tiro fatal na cabeça.
De onde ele surgiu, muitos outros, dezenas de zumbis, resolveram aparecer, alguns cambaleavam, mas a maioria corria, estavam atrás de nós, a apenas uns 100 metros de distancia, não podíamos enfrentá-los pois eram muitos e no primeiro carregar de arma eles nos pegariam, então disse para todo mundo correr para dentro do carro.  Estranho pois quando chegamos aqui aparentemente não havia nenhum deles, mas agora é como se eles sentissem o cheiro da carne fresca a quilômetros.
Uns e outros apareciam na nossa frente, fomos atirando neles, Vítor e Leandro me ajudavam, enquanto Fernanda ficava segurando Pedro e July pelas mãos.
Depois de muito sacrifício, conseguimos chegar ao carro, os zumbis corredores quase nos alcançaram, ficavam batendo nas janelas, e antes que eles pudessem quebra-las eu liguei o carro e acelerei, fomos embora sem fazer a mínima idéia de para onde íamos.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Quando os Mortos Matam - Capítulo 3

Capítulo 3

Enquanto eu dirigia, conversávamos sobre como tudo começou para cada um, sobre os pais e irmãos que tivemos de matar, e como tudo parecia um pesadelo.
Vítor estava muito triste por sua mãe e seu irmão, mas ainda tinha esperança de encontrar seu pai vivo. Todos nós queria-mos encontrá-lo são e salvo, até porque seria bom ter um adulto entre nós.
No caminho, notei que a estrada estava deserta, exceto pelas centenas de carros, amassados e com os vidros quebrados. Conforme íamos andando vários carros continuavam a tumultuar a pista, todos abandonados. Eram tantos que eu tive que pegar caminho pela calçada, onde deveria haver várias pessoas caminhando.
Fomos seguindo, até que a alguns metros avistei uma loja de armas, eu já estava quase sem munição e se as pessoas continuassem a querer nos lanchar, armas de fogo seriam indispensáveis.
Paramos e entramos cautelosamente. Lá dentro estava tão deserto quanto lá fora, não havia ninguém, apenas um balcão e uma grande parede atrás, com várias armas a mostra, de diversos modelos.
Mesmo assim, toquei a campainha em cima do balcão, mas ninguém apareceu, então toquei novamente, um barulhinho ecoou pela loja, nesta hora uma daquelas coisas, acho que o nome apropriado é zumbi, ou morto-vivo, se levantou rapidamente me dando um susto como nunca tinha sentido antes.
Acho que ele era o recepcionista, vinha para cima de nós, mas não conseguia ultrapassar o balcão, era um ser totalmente lerdo, certamente seu cérebro não servia mais pra nada, era apenas um cadáver ambulante que só pensava em se alimentar. Então eu tive tempo de puxar a minha arma e disparar contra ele, infelizmente eu ainda estava nervoso pelo susto, e o tiro acertou o seu ombro, que de nada adiantou. Ele tentava pular o balcão como se fosse uma criança, nós podiamos ir embora, mas precisávamos das armas. Então eu me preparei para dar um tiro certeiro na sua cabeça, e apertei o gatilho... tick tick, eu estava sem balas, foi justamente nessa hora que o morto-vivo conseguiu passar pelo balcão e caiu no chão, veio se arrastando em minha direção, faminto por carne humana.
Disse para os meus primos, não tentarem nada, eu podia me virar e não queria pô-los em risco, descarreguei toda a minha força para as minhas pernas e imaginei que a cabeça da criatura fosse uma bola e então a chutei com toda a minha força, separando-a do corpo. Aquele ser já estava meio que apodrecido por isso foi fácil decapitá-lo. E mesmo sem cabeça, ele ainda se mexeu um pouco antes de morrer.
Com o caminho livre finalmente pudemos pegar as armas. Eu escolhi uma cartucheira, com balas de sal grosso para estourar os miolos daquelas coisas, e recarreguei a pistola que peguei do papai, pois ela seria útil para atirar de longe, embora eu sempre tivesse que me aproximar o máximo possível para acertar a cabeça daquelas criaturas. Fernanda optou por uma simples pistola. Leandro e Vítor também se armaram, cada um pegou uma metralhadora automática.
Eu tive de ensiná-los o pouco que aprendi nas últimas horas, o básico, como atirar corretamente, a mira, carregamento e a lição mais importante: Sempre atirar na cabeça. Era a única forma de executar os zumbis.
Me lembrei de pegar bastante munição, todos os pentes e balas que haviam na loja, botei tudo no porta malas. Então entramos no carro e seguimos rumo ao Super- Mercado.
Parte 4 chega hoje a noite ou amanhã!

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Os Indicados ao Oscar versão Lego

O Oscar tá aí. Dia 27 de fevereiro. Claro que eu tenho meus preferidos, mesmo levando em consideração que não assisti todos. Mas hoje trago a vocês os indicados a melhor filme em uma versão lego, essa arrumação deu certo, hein! (clique nos títulos para ver informações dos filmes!)

Somente para menores de 8 anos por conter peças pequenas que podem ser engolidas!


127 Horas


 Inverno da Alma


 Cisne Negro


Toy Story


 O Vencedor


Minhas Mães e meu Pai


Bravura Indômita


O Discurso do Rei


 A Origem


A Rede Social


 Já tem o seu preferido?

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Camisetas Zumbis


Se você, assim como eu, adora zumbis, sem dúvida vai gostar destas camisas e estampas super divertidas para sair por aí demonstrando todo o seu amor por esses seres devoradores de carne humana, afinal, os zumbis estão na moda!







 















OBS: A maioria das camisas você pode comprar neste site, (pesquise por t-shirts), ou neste outro site que é só para vendas de coisas de zumbis: BuyZombie