domingo, 15 de Abril de 2012

Filmes inspirados na mitologia grega e seus desvios das lendas originais


Fúria de Titãs 2, a continuação de um filme sobre o matador da Medusa, Perseu, estreou nos cinemas há algumas semanas. Imortais, sobre o herói Teseu, estava em cartaz há pouco tempo e a continuação do filme Percy Jackson - O Ladrão de Raios, baseado em uma franquia de livros de mitologia grega, estréia em 2013 assim como um filme do Hércules será lançado em 2014.

Deuses, Heróis e monstros mitológicos invadiram as telonas!

Mas é uma pena que a união de mitologia grega e cinema, duas das minhas grandes paixões, não dê muito certo. Infelizmente são pouquíssimos os bons filmes deste tema, a maioria tende a alterar a verdadeira história, como se os roteiristas não estudassem direito as lendas antes de produzirem os filmes. Muitos dos personagens famosos da mitologia são utilizados, mas, muitas vezes, em uma história que não tem nada a ver com as lendas gregas ou são muito distorcidas destas. Mas há excessões. Confira neste post, alguns filmes que já deram vida a essas histórias milenares da mitologia greco-romana e os desvios em relação aos verdadeiros mitos que eles cometem.

1. Fúria de Titãs (2010)

Os humanos se rebelaram contra os deuses e não mais os adoram. Zeus (Lian Neelson), furioso, concorda em dar a Hades (Ralph Fiennes), o temível deus da morte, a missão de instalar a crueldade na Terra e assim fazer os humanos se arrependerem de insultar os deuses e voltar a adorá-los. Hades então liberta Kraken, o monstro marinho que devastará toda a cidade de Argos, a menos que entreguem a princesa Andrômeda para ser devorada pelo monstro. Para impedir isto, o herói filho de Zeus, Perseu (Sam Worthington), parte em uma aventura para descobrir um modo de matar o terrível Kraken. Refilmagem do original de 1981 (que, em minha sincera opinião, é tão ruim quanto este).


Ainda que seja o filme de mitologia grega que mais fez sucesso, é também o que tem mais erros e desvios em relação a verdadeira história. Por exemplo, ao contrário do que é dito no filme, Zeus não traiu Hades, Hades não criou Kraken (Kraken é um monstro da mitologia nórdica! O monstro da história de Perseu se chamava Cetus e era comandado pelo deus dos mares Poseidon, não por Hades), os pais de Perseu não foram mortos por Hades, Perseu não via problemas em ser um filho de Zeus, Io não tem nada a ver com o mito de Perseu (quem ajudou Perseu na lenda original foram os deuses Atenas, Hades e Hermes, e sua única amada foi Andrômeda. Io foi amante de Zeus, pai de Perseu!) e além disso, personagens presentes no filme como Cáligo e aqueles feiticeiros do deserto, que dominavam os escorpiões, simplesmente são existem em nenhuma lenda da mitologia greco-romana! Em minha opinião, o filme só vale pela cena da luta contra a medusa e quando Perseu mata o monstro marinho "Kraken", que ilustraram bem a lenda, em efeitos especiais impecáveis.

2. Imortais (2011)

O brutal e sanguinário Rei Hyperion (Mickey Rourke, em excelente atuação) e seu exército de assassinos destroem tudo que encontram em seu caminho na busca pelo lendário Arco de Épiro, um arma feita por Ares que tem o poder de libertar os titãs que a séculos foram aprisionados, para assim libertar os titãs para eles destruírem os deuses do Olimpo e Hyperion se tornar o mestre do mundo. Após vilas e mais vilas serem destruídas Teseu (Henry Cavill) jura vingar a morte de sua mãe e parte em busca de justiça. No caminho ele encontra o Oráculo Phaedra (Freida Pinto) que tem visões sobre o futuro do rapaz e se convence que ele é o único capaz de derrotar o terrível rei. Sendo assim, Teseu cria seu pequeno exército e abraça seu destino, partindo ao encontro de uma terrível batalha para salvar o futuro da humanidade.


O filme também alterou um pouco a veradeira lenda de Teseu, por exemplo, o fato dele marcar o caminho de volta do labirinto com sangue e não com o fio de Ariadne, o verdadeiro par romântico do herói na mitologia que não aparece no filme e é substitúida por uma simples oráculo. O Arco de Épiro é uma arma criada para a história do filme, e não existe na mitologia grega (Épiro nem é alguém e sim algo - uma das 13 periferias da Grécia). O Rei Hipérion também é um personagem fictício (Hipérion existe na mitologia, mas ele é um dos 12 titãs, não um simples rei). O clássico confronto de Teseu contra o minotauro é mantido, mas o "Minotauro" do filme é um dos soldados de Hipérion que, incumbido de matar Teseu, coloca um capacete de chifres e cabeça de touro. Em outra cena, Zeus arranja um chicote flamejante e dá um golpe em Apolo, o matando. Como assim, um chicote flamejante?! Zeus nunca teve um chicote, mas sim um raio. Erraram na arma do deus Apolo também, que no filme utilizava um martelo, sendo que sua arma é o arco e flecha, o martelo pertence a Hefesto. Sem falar do fato da imortalidade dos deuses, o que os produtores do filme parecem ter ignorado, já que Apolo morre pelas mãos de Zeus e Atena morre pelas mãos dos titãs. Também não gostei muito do visual dos deuses. Apolo tem um capacete com algo que parece uma crina de cavalo e Atena parece uma stripper, e não uma deusa da sabedoria como ela é. Prefiro os deuses velhos e barbudos. Sem falar dos titãs, que na mitologia são seres colossais, no filme se mostram como monstrinhos magrelos e bizarros. Eu esperava que tivesse uma luta entre deuses e titãs em sua forma original gigante, com Zeus lançando seus raios, Apolo suas flechas e tal, mas acho que isso foi pedir demais, no entanto, ainda tenho esperanças de ver uma cena assim no cinema. Ainda assim, a luta deles em tamanho humano foi excepcional! Lembrou até o meu jogo favorito: God of War! Em geral, eu gostei do filme, é bem melhor que Fúria de Titãs.

3. Percy Jackson e O Ladrão de Raios (2010)


Baseado nos livros juvenis escritos por Rick Riordan, o filme apresenta (o personagem criado pelo autor) Percy Jackson (Logan Lerman), um garoto que descobre ser, na verdade, um semideus filho do deus grego do mar Poseidon com uma humana e que, como ele, outros semideuses e seres da mitologia grega ainda vivem no mundo atual. Ao lado da filha de Atena, Annabeth, e seu amigo e protetor, Grover, o garoto Percy Jackson parte em uma incrível aventura, enfrentando vários monstros mitológicos para provar que não é o ladrão do raio de zeus, como é acusado.

Tem muita coisa do livro que não tem no filme, mas também tem cenas no filme que não existiam no livro. Com tudo, um filme muito bacana, que não decepcionou nem mesmo os fãs mais assíduos dos livros e não distorce a mitologia, quer dizer, tem aquela cena em que Percy mata a medusa olhando-a através de um Ipod, enquanto o Perseu original a matou olhando-a pelo reflexo de seu escudo, mas claro, o filme é sobre a mitologia no mundo atual e este "desvio", que nem chega a ser um desvio, não prejudica nem um pouco o longa e foi até uma sacada legal do diretor. Só neste filme, o herói Percy e cia enfrentam o Minotauro, a Hidra, a Medusa etc. E olha que este é só o primeiro de cinco filmes que adaptarão os cinco livros da série \o/

4. Hércules (1997)


Em 1997, a Disney saiu do universo dos contos de fadas e se inspirou na mitologia grega para levar a história do filho de Zeus ao universo infantil, em uma deliciosa animação, com muita comédia, músicas e romance.

Como todos os outros filmes de mitologia grega, há algumas distorções da lenda de Hércules, como o fato de Hera ser sua adorável mãe, quando na verdade, ela o odiava e tentava sempre lhe matar porque Hércules era fruto de uma relação adúltera de seu marido, Zeus, com Alcmena, que no filme passa a ser sua mãe adotiva. Outros desvios estão mais para uma "amenização" da história numa versão para crianças. Por exemplo, é claro que o filme não mostra o herói enlouquecido matando sua esposa, Mégara, e seus filhos ou ascendendo ao céu depois de atirar-se numa fogueira para acabar com a dor causada por um manto envenenado pregado à sua pele, ao invés disso, no filme, ele ascende aos céus quando dá sua vida para salvar outra de quem ama. Apesar de tudo, esse é um dos filmes que eu mais gosto da Disney. 

5. Tróia (2004)


Brad Pitt dá vida ao mítico guerreiro imbatível Aquiles, Orlando Bloon e a bela Diane Krueger vivem os lendários amantes, Páris e Helena, que trazem a guerra aos seus mundos por causa de um amor proibido. Eric Bana é o príncipe Heitor, que se atreve a enfrentar Aquiles em combate, e Peter O'Tolle governa Tróia como o rei Príamo. Dirigido por Wolfgang Peterson, adaptado da Ilíada de Homero.

Um filme que narra a épica Guerra de Tróia em confrontos fantásticos, mas que ainda tem certos desvios, sim, da história verdadeira (oohh, mas que surpresa!). Primeiro, o filme opta por ser mais realista, não mostrando o lado mitológico da guerra, cheio de intervenções divinas, ainda que haja várias referências aos "deuses". E, no longa, Menelau é morto por Paris, quando na história original, ao final da guerra, tendo vencido os troianos, Menelau não só sobrevive, como ainda recupera Helena. E Ajax não morre em batalha, ele se suicida depois que a armadura de Aquiles é dada a Ulisses e não a ele. Aquiles é morto por Paris antes do evento do cavalo de madeira acontecer, ele não consegue adentrar Tróia, como mostra no filme. E a Guerra que durou 10 anos, no filme não durou mais que alguns dias, prova disso é o filho de Heitor, que aparece no início da guerra ainda bebê e no fim da guerra sua mãe foge com ele nos braços, ainda bebê! Sem falar de personagens importantes que são simplesmente esquecidos, como a irmã de Páris, Cassandra, a vidente que previu toda a desgraça (mas na qual ninguém acreditou).  Enfim, um filme que tem seus altos e baixos e foi bastante criticado, mas que eu adoro!

6. Helena de Tróia - Paixão e Guerra (2003)


Hecuba (Maryam d'Abo), a rainha de Tróia, teve um filho que se chamaria Alexandre, mas Príamo (John Rhys-Davies), o rei, dava atenção às visões premonitórias de sua jovem filha, Cassandra (Emilia Fox), que diz que se o bebê não fosse morto, Tróia seria destruída pelo fogo. Então Príamo ordena para um serviçal atirar a criança do alto de uma montanha. O encarregado de cumprir a ordem real não tem coragem de matar o bebê e o abandona. Um pastor acolhe o bebê, o chama de Páris (Matthew Marsden) e o cria como se fosse seu. Os anos se passam e Páris se torna um belo jovem, que cuida de um rebanho de cabras. Um dia ele tenta recuperar um cabrito, que foi na verdade manipulado por três deusas: Hera (Andreea Radutoiu), Atena (Gina Nalamlieng) e Afrodite (Emily Kosloski). Elas disputavam entre si qual delas seria a mais bela e escolheram Páris como juiz. Hera lhe prometeu riquezas inimagináveis se fosse a escolhida, já Atena disse que lhe daria vitórias para sempre e Afrodite lhe promete a mulher mais bela do mundo, Helena (Sienna Guillory), fazendo com que Páris tenha uma visão dela. Isto acarretaria em uma das maiores histórias de amor de todos os tempos, mas também em uma sanguinária guerra que duraria quase uma década.

Como vocês puderam perceber pela sinopse acima, ao contrário de Tróia, este filme mostra em detalhes toda a parte mitológica da guerra, sem distorcer nada, por isso também é um dos poucos filmes de mitologia grega que se salva.

7. Ulisses (1954) 


Uma versão fiel da Odisséia, onde Ulisses (Kirk Douglas), após 10 anos de batalhas em Tróia, inicia uma jornada épica para voltar para casa, em Ítaca, e para sua esposa Penélope. Ele percorre mares e caminhos desconhecidos, enfrentando sereias, um gigante de um olho só e as armadilhas da feiticeira Circe, para seguir vivo ao lado de seus soldados. 

8. A Odisseia (1997)


Outro filme que narra as grandes aventuras vividas por Ulisses/Odisseu (Armand Assante), que, por ter desafiado os deuses, passa anos vagando por estranhos lugares enquanto a esposa Penélope tenta lhe esperar fielmente. Com um roteiro bem fiel à lenda, o filme mostra todos os seres mitológicos encontrados por Ulisses, só ficou faltando as sereias para ficar perfeito, mas ainda assim, um ótimo filme. Produzido por Francis Ford Coppola (O Poderoso Chefão).

9. Jasão e o Velo de Ouro (2000)
 

Na Grécia antiga, a cidade de Iolcus é invadida pelo tirano Pelias, que assassina seu irmão, o rei Aeson. Jasão, o filho do rei deposto, então com apenas três anos, é salvo e enviado por súditos fiéis para um local distante. Vinte anos depois, Jasão descobre a verdade sobre o seu passado e decide reconquistar seu reino. Ao descobrir que seu sobrinho está em Iolcus, Pelias manda matá-lo. Em troca de sua vida, Jasão promete encontrar o velocino de ouro, um dos presentes mais valiosos já dados pelos deuses. Ele constrói um navio, o Argos, e parte para uma aventura emocionante, na qual enfrentará a ira de Zeus, tempestades furiosas e monstros marinhos, como um verdadeiro herói. Filme também bastante fiel à história, é uma refilmagem do clássico Jasão e os Argonautas, de 1963.

10. E aí Meu Irmão, Cadê Você? (2000)


Inspirado na saga de Ulisses para contar a história de Everett "Ulysses" MCGill (George Clooney), um prisioneiro que, durante a Depressão Americana do final dos anos 1920, consegue escapar da prisão  junto com o doce e amável Delmar (Tim Nelson) e o sempre zangado Pete (John Tuturro). Sem nada a perder e ainda presos por correntes, o trio embarca na aventura de suas vidas, enquanto Ulysses tenta voltar para sua esposa Penélope, que está sendo cortejada por outros rapazes.

O legal é que, os seres enfrentados por Ulisses na lenda original são mostrados no filme de uma forma mais "moderna", só pra citar um exemplo, o Ciclope, que na mitologia é um gigante de um olho só, mostra-se no filme como um gordalhão caolho. Logo, é preciso conhecer a história de Ulisses, para perceber as referência feitas no filme à famosa lenda grega.
11. Orfeu Negro (1959)


No Carnaval, Orfeu, um condutor de bonde e sambista se apaixona por Eurídice, uma moça do interior, que vai para o Rio de Janeiro fugindo de um estranho, fantasiado de morte. Filme brasileiro dirigido por Marcel Camus, com base na peça de Vinícius de Moraes, por sua vez inspirada no mito de Orfeu, que enfrentou Hades com o poder de sua música maravilhosa, para resgatar a amada Eurídice do reino dos mortos. Vencedor do Palma de Ouro e também o único filme brasileiro a ganhar o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, em 1960. Ganhou uma refilmagem em 1999, intitulada Orfeu, dirigida por Cacá Diegues.

12.  Malpertuis (1974)


Neste curioso filme francês de 1971, dirigido por Harry Kumel, um marinheiro em passagem por sua cidade natal envolve-se numa confusão, é atingido na cabeça e acorda numa misteriosa mansão gótica, pertencente a um lorde megalomaníaco, o Cassave (Orson Welles) e seu fiel ajudante Filarete, um taxidermista esquizofrênico, que escondem um terrível segredo que envolve os intocáveis deuses do Olimpo. Lá, o marinheiro encontra alguns de seus parentes e outros excêntricos moradores, num verdadeiro labirinto de personagens da mitologia grega.

13. Hércules em Nova York (1969)


Bom ou ruim, não tinha como deixar passar a atuação de Arnold como Hércules. O ex-Mister Universo fez sua estreia nas telonas com o a comédia de ação Hércules em Nova York. Na trama, o herói desobedece seu pai, Zeus, que o manda passar um tempo na Terra, onde acaba se envolvendo com empresários de luta-livre. Ao mesmo tempo, ele tenta aplacar a fúria de Zeus, que quer castigá-lo por ter desobedecido suas ordens.

[Atualizado em 08/07]

14. Fúria de Titãs 2

Eu já assisti Fúria de Titãs 2 e tive que atualizar o post para falar sobre este filme que é um dos melhores já feitos de mitologia grega! Isso mesmo, eu me surpreendi muito com este filme, achava que ia ser tão ruim quanto o primeiro e por isso nem fui ver no cinema, coisa da qual me arrependi. Mas por ironia do destino o longa tem aquilo que eu disse, lá no texto do filme Imortais, que era o que eu mais queria ver em um filme: uma luta entre deuses e titãs - em sua forma gigante - e não como aqueles magrelos e pequeninos do filme Imortais. No final de "FT 2" vemos mais ou menos essa luta que eu tanto desejava ver. Um Cronos gigantesco (exatamente como mostra o poster lá no início do post), se reergue do tártaro para se vingar de Zeus, que o combate lançando seus raios, junto com Hades. A luta não durou muito, mas foi bem bacana.

Cronos!!!

Massss....Eu achei que outros deuses como Poseidon e Apolo, poderiam estar na luta, que deveria ser um pouco mais longa. E nesta sequência também há deturpações da mitologia grega, ainda que poucas e bem menos do que no primeiro filme. Pra começar, a lança de Tryon, que no filme é a única arma capaz de matar Cronos, não existe. No filme, a lança de Tryon é a união do raio de Zeus, tridente de Poseidon e... garfo de Hades? Hades não tem nenhuma arma semelhante a uma lança com duas pontas, como mostra o filme. Sua arma era um capacete que o tornava invisível. Esse tal "garfo de Hades" foi inventado para poder dar certo essa união das armas que é a "lança de Tryon" (se não, como eles iam fundir duas lanças com um capacete??), que certamente também foi inventada para o filme. Além disso aqueles "demônios" com dois troncos não existem na mitologia grega e Andrômeda nunca foi rainha e muito menos uma guerreira, ela era a princesa de Argos. E apesar de eu ter gostado de ver no filme a Quimera, o Minotauro e os Ciclopes, o Perseu da lenda original nunca enfrentou nenhum desses monstros. E me surpreendi ao ver o Minotauro no labirinto do Tártaro! O monstro habitava um labirinto sim, mas que era localizado na ilha de Creta e não no mundo dos mortos, o Tártaro, que nunca foi um labirinto e que também não foi projetado pelo deus Hefesto. Além disso, Agenor era mesmo filho de Poseidon, mas não era um ladrão vagabundo como mostra o filme, ele era o rei de Tiro e ficou conhecido na mitologia porque teve a sua filha, Europa, raptada por Zeus, o qual se disfarçou de touro para seduzi-la. Mas enfim, considerando que é raríssimo um filme que não autere em nada a mitologia grega, Fúria de Titãs 2 é um filme bem...legal.

Para finalizar o post, deixo vocês com o trailer de Fúria de Titãs 2!


Obrigado Alex Huche, pela contribuição ao post com seu comentário. Eu me baseei nele para reescrever direito o texto do filme Tróia. Você me lembrou de coisas importantes que esqueci de mencionar (porque fazia muito tempo que eu assisti o filme). Valew!

75 comentários:

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Grande Gabriel, Grande Post!
Não sou muito ligado em Mitologia Grega mas admiro quem é e quem as conhece tão bem, detalhadamente, como por exemplo, você...
Eu como sou acadêmico do curso de História, já tive ano passado na disciplina de História Antiga aula sobre a Grécia e umas poucas pinceladas sobre a mitologia. Sei que até o final do curso preciso mergulhar mais nesse mundo, pois são muitos os amigos e colegas que me questionam sobre a mitologia quando ficam sabendo que estudo história e tudo mais, sei também que alunos quando eu estiver dando aulas poderão perguntar sobre isso já que é um tema que a galera curte bastante, enfim...
Dessa sua rica, detalhada e bem elaborada lista, vi bem poucos, Percy Jackson vi no cinemas e achei legal,assim como Tróia. Fúria de Titãs 2 um amigo acabou de comentar comigo, que viu ontem nos cinemas e gostou dos efeitos e tal, eu procurarei vê-lo, se bem que acho que devo ver o primeiro antes não é? kkk... mas é isso, vou me atentar a livros e revistas sobre a mitologia e depois procurar assistir essas obras cinematográficas.... Grande abraço, e parabéns pelo Post.

P.s: De uma passadinha em meu blog e leia meu último Post, um pouco diferente dos posts de costume...

Até Mais...

disse...

Muito interessante! Lembro-me de um professor passando Hércules quando eu estava na quinta série. Prendeu a atenção dos alunos o tempo todo! Gosto muito da ideia de usar filmes em sala de aula ou mesmo para aprofundar nossos conhecimentos sobre um determinado tema.
Abraços!

Beatriz Alencar disse...

Eu também gosto muito da mitologia grega. Só que as adaptações recentes como a série fúrias te titãs e imortais deixaram muito a desejar.

ianna disse...

Até hj só vi o Filme do Hércules da Disney e eu acho legal.

Marcos Rosa disse...

Estou em débito com os antigos, ainda não os vi. Estes mais novos não gostei muito não, muita firula. Se bem que Imortais até que é um bom passa tempo.
Ótimo post

___
algunsfilmes.blogspot.com

J. BRUNO disse...

Belo apanhado meu caro!
Eu também conheço relativamento pouco da mitologia grega, os poucos contatos que tive foram através de "A Ilíada" e "A Odisseia" e de algumas poucas remontagens peças teatrais do período clássico...

Dos filmes citados eu tiro o chapéu para "A Odisseia" (1997), pelo respeito que ele teve em adaptar a obra, mantendo sua trama quase intacta, sem qualquer tipo de firulas que pudessem ser adicionadas por conta dos roteiristas...

A primeira resenha cinematográfica do meu blog foi de um dos filmes que você citou, "E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?" dos irmãos Coen, se der passe por lá depois para conferir: http://sublimeirrealidade.blogspot.com/2009/10/e-ai-meu-irmao-cade-voce.html

Já adicionei o link do tei blog na minha página, na sessão "Pela Estrada de Tijolos Amarelos"...

Forte abraço!

railer disse...

eu gostei muito do primeiro 'fúria de titãs', tanto o antigo quanto o recente.

Alex Huche disse...

Quanto ao filme Tróia tenho muitas críticas, o filme vai bem até o duelo de Paris co Menelau, na luta Menelau fere Paris, que foje e se refugia atrás do irmão heitor, no filme Menelau é morto, quando na verdade ele retorna para Esparta com Helena no fim da Guerra; depois tudo vai bem até que numa das batalhas, Ajax morre em batalha, quando na verdade ele se suicida com raiva da armadura de Aquiles ter sido dada à Ulisses; Aquiles nunca entrou nos portões de Tróia, ele é morto por Paris no campo de batalha com a flechada no calcanhar, e a partir daí Ulisses toma a frente da batalha com a armadura de Aquiles, e constrói o cavalo para os troianos; Mas o q mais me deixou espantado é o fato da guerra ter durado 10 anos e no filme, no início da guerra, Heitor chega em Tróia e vê seu filho que nascera e no final da guerra quando ocorre a fuga dos Troianos, a mulher do Heitor foge carregando seu filho, que ainda é bebê, 10 anos depois, putz aí quebrou a firma.
Gostei da referência a Eneida de Virgílio, quando Paris entraga a espada de Tróia ao Troiano Enéias, que foge, ajuda a montar Roma, que mais tarde domina a Grécia.
No geral vale a pena ver, mas não sei porque que não fazem algo de qualidade e mais próximo dos textos originais.

Alex Huche disse...

Às vezes tenho a impressão que o novo Fúria de Titãs teve mta influência do filme Krull, que acho mto mais legal. Tudo bem q não é grego, mas é um conto honesto.

Gabriel França disse...

Alex Huche, obrigado por ter completado ainda mais o post. Dei uma pesquisada e vi que você está certíssimo sobre todas as afirmações que fez sobre Tróia.

Obrigado à todos pelos comentários!

Felipe Rocha disse...

Fiz um post muito parecido com esse a pouco tempo... Dê uma olhada depois... Realmente os estilos do blog se batem mto...

Só não sei o que você acha, mas ainda não conseguimos presenciar um filme fiel à historia e excelente referente à mitologia grega!

Gabriel França disse...

Pois é, infelizmente é verdade, Felipe ):

Pamela disse...

A saga Percy Jackson é muito boa, o livro é muito melhor que o filme, e com ela aprendi muitas coisas que antes eram desconhrcida por mim.muito boa, recomendo.

Alex Huche disse...

Percy Jackson, apresenta coisas bem legais e outras não tão legais. O q é legal: pois filhos dos deuses terem o comportamento dos pais, é mto legal, o q me fez matar a charada sobre o roubo no momento q percebi q a característica dos pais estava nos filhos, então para roubar só poderia ser o filho de Hermes,o deus dois ladrões e dos mercadores, daí a origem do termo mercado derivando de Mercúrio. Mas, o fato de Percy Jackson ser filho de Posêidon, deu uma derrubada no conto, pois Perseu era filho de Zeus.o erro está no conto do livro.

Pamela. disse...

Hey Alex. Nao deu uma derrubada no conto, pois a saa percy Jackson é sobre a mitologia nos dias de hoje. O nome dele é Perseu, pois a mãe dele achava o verdadeiro Perseu um grande heroi, e entao resolveu dar tal nome para o seu filho, mesmo que este seja filho de Poseidon, e nao de Zeus, como é o perseu das historias antigas.Tal fato é comentado no livro, só nao me lembro qual.

Pamela. disse...

Ah, ela lhe deu o nome de Perseu, pois este foi o unico heroi que teve um final feliz, e ela desejava o mesmo ao filho.

Gabriel França disse...

Exato, Pâmela. No livro diz mesmo isso.

Anónimo disse...

Adorei obrigada pelas dicas vou assistir Jasão é o velocino de ouro!
Obrigada

July disse...

Pamela ,adorei a obs,Percy Jackson é um dos filmes atuais sobre mitologia Grega ,eu indico os livros por que foi como eu conheci o best-seller lendo...Mais eu recomendo os livros do Rick Riordan autor da serie Percy Jackson e os olimpianos...Enfim eu amo Percy Jackson e recomendo! =)

Anónimo disse...

Poderia comentar também sobre os filmes CONAN e JOHN CARTER entre 2 mundos :)

Anónimo disse...

lol massa esse blog bota mais filme aew q eu ja olhei todos kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anónimo disse...

parabens... bem que poderia ter + sites assim.

Anónimo disse...

um dos filmes que mais gosto sao furia de titans e percy jackson

Anónimo disse...

eu adoro mitologia grega!eu so vi um filme dessa lista que se chama percy jackson eo ladrao de raios,mas espero ver todos os filmes dessa lista.

FilhoDeArtemis disse...

Gabriel, apesar de gostar muito de PJ e de FT 2 eu tenho que discordar de vocÊ em algumas muitas coisas. Como por exemplo que no FT 2 o desvio da Mitologia Original fora um desastre absoluto!!! Se bem me lembo, qualquer mortal que olhe para a forma divina de um deus ou um titã iria ter uma morte lenta e dolorosa não é? Então porque Perseu não morre????
Outra, Cronos é o senhor do Tempo, não da destruição. Aquela imagem que é dada a Cronos em FT 2 é totalmente insolúvel. Devia ser dada a Perses, o titã da destruição.

Já em PJ e o Ladrão de Raios as objeções são pouquíssimas: Hades também se transforma em sua forma divina naquela cena em que ele aparece na fogueira. Com todos os campistas lá e nenhum morre?? Perséfone uma tarada? Que eu me lembro ela ama o seu marido!! O Hades sem o rio Cócito, sem o rio Aqueronte? E o pior: cadê o rio Estige? Ainda faltou muita coisa nestes dois filmes.

Deste post foram os unicos que eu assisti. Mas como sempre, seu texto está muito bem parabenizado!!!

ze ruela disse...

FilhoDeArtemis você deve ler o livro o filme muda muita coisa, então não se baseie nos filmes que na minha opinião são horríveis nem passaram metade das coisas do livro de Percy Jackson.

ze ruela disse...

A mesma coisa com Harry Potter, os livros são muito melhores os filmes que nem passam metade da informação, os personagens nem são retratados com deveriam etc.

Blá blá blá disse...

Como Percy Jackson e os Olimpianos não poderiam ser lembrado?
Como você disse, Percy não foi um desvio, apenas um adaptação dos semi-deuses no mundo atual.
Sou fã de Rick Riordan e de seus livros, que aliás, estou acabando a "saga".
O novo filme " O Mar de Monstros " sairá apenas ano que vem, se não me engano 16 de outubro. Mas recomendo mesmo, os livros, onde tudo é mais detalhado e realístico.
Blog perfeito. Abraços :))

Helton disse...

Pessoas, vocês estão com tantas dúvidas, se lesem os livros seguinte de O Ladrão de Raios intenderiam, mas emfim ...
Quando os deuses assumem a forma divina, Percy não morre e nem os outros campistas porque são meios-sangues.
Sou o cara do comentário de cima :))

Carlos Vinícius disse...

Olá, conheci seu blog a dois dias e vi que temos gostos bem parecidos. Muito bom seu posts. Sou fascinado por mitologia como tu! E é claro... pelo personagem central ai do blog, o grande Kratos. Mas como não vi nenhum local para sugerir um tema, peço aqui. Não sei se gosta, mas como é baseado em mitologia e principalmente a grega (e marcou minha infância e adolescência), gostaria que fizesse um post sobre Cavaleiros do Zodíaco ou Sant Seiya! Valeu!

Taekwondo Criciuma disse...

Vamos esperar sair algo de god of war. acho que por causa das religiões de oje que não são poucas vai ser dificil sair algo real sobre a mitologia grega, porque quem estuda um pouco sabe que todas a religiões se baseiam nela mas quem seu eu para questionar.

Mas se os TITÃS tivesem ganhando a guerra não precisavamos adorar IDALOS




Gabriel França disse...

Taekwondo Criciuma, ainda bem que você tem o conhecimento de que, sim, todas as religiões foram baseadas na MITOlogia grega. Estou devendo um post sobre esse assunto aqui no blog. Farei em breve. Prevendo polêmica...

E quanto ao post sobre cavaleiros do zodíaco, Carlos Vinícios, sei que envolve mitologia grega, mas nunca consegui assistir um episódio completo desse desenho e não sei quase nada a respeito dele. Mas vamos ver, quem sabe um dia...

Marcela disse...

Nossa,adoro demais o fúria de titãs 1,mas achei o 2 muito simples,eles deviam ter deixado a história um pouco maior,mas fora isso é uma exelente pedida..

fenix de fogo no wordpress disse...

O problema não é mudar a mitologia grega, é desvituá-la com um roteiro fraco e pop. Fúria de Titãs, I e II, é porcaria! Quem disse que a força dos deuses vêm da veneração dos seres humanos? E por que fizeram o Poseidon tão fraco? Quem disse que Hades é mal? E a luta contra Cronos foi curta e chata. Poderiam ter feito algo épico ali. E os outros titãs? Mas o pior de todos foi Imortais. Este eu senti vergonha alheia. O filme não tem lógica e foi mal escrito. Zeus matar Apolo porque ele interferiu na humanidade? kkkkkkkk Ares fazendo armas? Um rei de terceira categoria tentando conquistar o mundo? Atena sendo quase uma namorada de Zeus? Ah, vá. Os únicos que se salvam aí é Troia e Percy Jackson. Os demais não assisti. Um dia hei de lançar minha história, 24.08.06. Isso sim é história mitológica. Confira no meu blog fenixdefogo.wordpress

JhonyXD disse...

Eu acho não lembro mais acho que foi meu professor(de historia) que mandou o link desse site e eu achei muito legal.
O meu professor ele falou a mesma coisa que você comentou do filme "Fúria dos Titãs"e eu achei legal você falar sobre isso por que de vez nós vermos o filme nos ja sabemos que é ruim como o "Fúria dos Titãs"eu nunca vi

luiz gustavo Bora disse...

curto muito mitologia grega, o jogo god of war 2 é bem parecido com o filme "A fúria de titãs" gostei muito!!!

Lorena Borges fanhani disse...

Super o filme percy jackson em o ladrão de raios já vi e re-vi varias vezes! É D+.
Poderia fazer um post falando sobre os comedores de lótus, as parcas, medusa, minotauro e outros monstros da mitologia grega eu iria adorar me manda por e-mail se sair ok lorena.borges@yahoo.com.br

Anónimo disse...

eu ja assistir todos os filmes q tem aver com mitologia trocentas vezes mais oq eu mais gostei foi furia de titãs 2.
e mt massa nesse filme cronos scracha

carlos henryke disse...

eu curto mt esse negocio de mitologia.e adimiro mt qm intende disso curti mt esse site vlw fera continue assim cm dedicação e força assim vamos longe.

Anónimo disse...

Post bem interessante, entretanto gostaria de ressaltar que Percy Jackson e o ladrão de raios não agradou tanto assim aos fãs da série xD Afinal a adaptação do livro para o filme alterou bastante a história, deixando de mostrar cenas chaves para a continuação da série no cinema.

Waaz Damnation disse...

Adoraria dizer que o filme de Percy Jackson não agradou em NADA os fãs. Quem não leu pode achar lindo, maravilhoso, perfeito, mas quem leu - e isso falo em uma esmagadora maioria - antes de lançar o filme, ODIOU a adaptação para as telas. O filme não apenas ignorou milhares de informações importantes (como o envolvimento de Ares, a grande profecia e o fato de POSEIDON ter dado as pérolas), como modificou, criou e acabou por se perder dos verdadeiros propósitos do livro. Sim, sou muito fã de PJ, já li todos os livros e acho o filme um ultraje a qualquer um que se chame fã. Eu sei, gosto é gosto, mas acredito que nem por isso é preciso generalizar. Quem é fã vai concordar comigo, o filme foi a pior coisa que fizeram coma série e poderiam ter parado aí, mas não, vão criar o Mar de Monstro e TINHAM QUE PINTAR DE FORMA FALHA o cabelo da atriz para disfarçar o grande erro do primeiro filme.

Ah, lembrando que nem ao menos citaram CHRONOS E CLARISSE no primeiro filme.

Uma decepção, infelizmente "/
Adorei o post em si, mas precisava comentar isso antes de tudo.

E como uma leitora disse antes, PJ não é para recriar a lenda do Perseu da mitologia, o personagem tem esse nome porque a mãe quis dar a ele pelo motivo citado antes. Ele é filho de Poseidon e muitas vezes no livro citam "Olha Percy, é seu xará", mas essa é a única ligação com o personagem mitológico.

Seiji Sawamura disse...

Os filmes de hoje sobre mitologia grega, já perdi a esperança de ver algum com mais fidelidade a mitologia, embora a aventura e as lutas me seduzam;ótimos post, gostei

Filha De Athena disse...

Vou te dar uma ideia, o teu blog é o unico que eu vejo cara! Tudo perfeito aqui e tu manja do assunto, parabens

Liliane Bastos disse...

Adorie!!!! Muito legal seu post, você conhece bastante sobre mitologia grega e me deu também dicas sobre ótimos filmes... muito bom mesmo...

Anónimo disse...

EU ADORO FILMES E LIVROS SOBRE MITOLOGIA GREGA ALGUNS DESSES EU AINDA NÃO CONHECIA MAS COM CERTEZA VOU ASSISTIR A TODOS, TODOS PARECEM SER MUITO BONS. VALEU PELAS DICAS !!

Anónimo disse...

Simplesmente adorei! Principalmente quando vi sobre Fúria de Titãs 2, que no caso é o meu favorito entre esses aí citados haha :P
Tenho uma pequena dúvida quanto ao filme Troia: quando Príamo vai falar com Aquiles para que libere o corpo de Heitor para que tenha um enterro apropriado, ele menciona um barqueiro. Esse barqueiro seria Hermes? E as tais moedas que eles colocam sobre os olhos dos falecidos são dracmas de ouro?
Curti demais o blog, é um dos melhores que ja vi *-*

Gabriel França disse...

O barqueiro que ele menciona não é Hermes, e sim Caronte, o barqueiro que levava a alma dos mortos até Hades e para isso exigia duas moedas de ouro, daí o habito dos antigos de pôr duas moedas sobre os olhos da vitima morta, para q ela fosse levada pelo barqueiro e assim sua alma não ficasse vagando sem rumo.

Anónimo disse...

ei ei, estava lendo sobre Troia ai em cima, e vi que tem um trecho escrito "E, no longa, Menelau é morto por Paris [...]". Só que quando assisti, Menelau é morto à espada por Heitor, quando este tenta matar Paris, estou errado?

Anónimo disse...

sobre o filme furia de titãs 1, pégaso aparece nele sendo que medusa só chega a morrer no furia de titãs 2. seria isso outro desvio da historia original? Ja que em uma lenda que li, diz que pégaso nasceu da morte de medusa

Tati Shibata disse...

Gostei muito do seu post e do seu blog tambem, tem varios assuntos aqui que são dos meus favoritos :3
Dos filmes aí, ja vi FT I e II, Imortais, Troia, PJ, Helena de Troia e A Odisseia. Realmente, o que menos foge dos padrões é Helena de Troia, mas não acho que os outros sejam ruins. Exemplo, em Troia tem coisas reais, que porem não aparecem em Helena de Troia. Até pq FT II e Troia são meus favoritos, e nem por isso, digo que ficaram 100% pois realmente fogem um pouco do rumo.
Apesar disso, super indico todos que assisti pq são mesmo bem legais e os efeitos são ótimos. De todos, o que menos agradou mesmo foi Percy Jackson, que foge totalmente do livro.

Tati Shibata disse...

Pra falar a verdade, o filme Troia meio que foca mais em Aquiles como o "centro" do filme rsrsrs

janio carvalho disse...

O nome das criaturas com dois troncos é makhai(macas),e são espiritos da batalha criados por Éris.

Anónimo disse...

Muito bom o poste!!!
Muito legal!!
Gabriel você entende bem de mitologia grega.

Eu concordo com tudo que falou e tenho que parabeniza-lo, pois os seus comentarios em Furia de Titãs 1, me fizeram cair de tanto rir!!
Por que foi o que eu chei quando assistir tal filme.

E Imortais o que foi aquilo!?
O que aconteceu com Teseu e sua lenda!!
Os Deuses estão mais fracos!!
Poseidon tem aquela coroa estranha, Zeus está jovem além dá conta.

E cade Hera a rainha do Olimpo, Demeter Deusa da Terra, Dionisio Deus do Vinho, Ártemis Deusa da Caça e da Lua, Afrodite Deusa do Amor, Ares Deus da Guerra, Hefesto Deus do Fogo e Ferreiro.
E Hermes Deus Mensageiro entre outra especialidades, quase não falou no filme.
Só veio para morrer!!

E nem vou falar dos outros dois pois você ja disse tudo o que era necessario sobre Atena e Apolo!!

Quando eu vi o decorrer da historia do filme, fui cada vez mais levado a dores de cabeças!!
Por exemplo:
Deu uma dor no coração só de ver Zeus atacando Apolo, pior ainda foi quando ele MORREU DE UMA CHICOTADA !! CHICOTAAADAAA!!
ELE MORREUUU!!
ELE MORREUUU!!
Nem vou falar da morte de Poseidon que é ridicula!!
E a dos outros Deuse!!
Zeus lá paquerando Atena quase que literalmente enquanto ela MORRIA, enquanto Poseidon batia em muitos "Pseudos Titãs" e DEPOIS COMEÇAVA A APANHAR E ENTÃO Zeus DESTROI TUDO E DEIXA Poseidon MORREER!!
QUE LAMENTAVEL SITUAÇÃO!!

A Mitologia Grega é bela de tão maneira que mesmo que eu leia varias vezes as mesmas lendas ainda é otimo!!
Não deve ser tão agredida assim!!
Sei que os efeitos são otimos e tal, mas mesmo assim ainda é de dar dó dos Deuses e suas mortes tolas!

Sobre o filme de Hércules será que vão deturpar tudo como o antigo filme ou dessa vez vão fazer um filme digno do incrivel Deus Hércules!

Luciana Silva disse...

Eu adoro filmes sobre mitologia grega vc deveria ter colocado mais

Anónimo disse...

ah, me ajudou muito! queria assistir algum filme relacionado com mitologia, mas não sabia qual escolher, taí, agora não sei escolher qual é o melhor, rs. ótimo post :)

Esther disse...

se voce puder l~er "O incendio de tróia" Marion Zimmer Blandey, garanto que ficará surpreendido pelos detalhes da Mitologia Grega, na guerra de Tróia, amazonas lutaram ao lado dos troianos (e foram dizimadas) e tmb fala sobre Hércules, Aquiles, como homens que possuiam força incomum e talento belico, mas mostra tmb outras "qualidades". Boa Sorte

Nerival Marcelino disse...

Filmes épicos da mitologia-grego romana deveriam ser levados a sério. Os diretores e produtores tem que respeitar o enredo da história verdadeira ,sem alterar o curso da história durante as filmagens. Sou apaixonado por filmes épicos. Deveriam fazer mais filmes épicos pesquisando a fundo e estudando como fazer sem alterar o rumo da hitória real. O fascinante mundo da mitologia grego-romana agradece .

Anónimo disse...

Uma falha grave de persy jackson é que Minerva nunca teve filhos!!! Exceto pelo filho-monstro abortado de vulcano que foi a Terra(não Gaia) que o ingendrou

@Elaa_Santoos disse...

Atualize e fale sobre o segundo filme de Percy Jackson e o mar de monstros, é muito diferente do livro, mas não deixa de ser muito bom, gostaria de saber sua opinião, obrigada.

Leticia de Paula disse...

Ola. Concordo que os filmes nao deveriam ter tantas mudancas, pois as historias dentro da mitologia sao tao interessantes da maneira que sao. Sem necessidade de desvios, pois sao fortes e emocionantes. Meu heroi preferido e Teseu, seu espirito aventureiro, sua bravura e coragem. Ainda quero ver um filme com sua historia fiel.

Leticia de Paula disse...

Ah, sobre o Filme Helena de Troia, acredito que distorceu alguns pontos. Teseu nao morreu pelas maos de Polux qdo este foi resgatar Helena. Teseu ja estava em busca de novas aventuras nesse momento. Aquiles se apresenta somente como um insano sem sentimentos, sendo que na mitologia ele teve paixoes e chegou a questionar seu envolvimento na guerra, diante do sacrificio de Ifigenia e da coragem do rei Priamo, que adentrou em territorio inimigo e beijou suas maos para recuperar o corpo do filho. Sabemos que ele enfrentou Heitor, por este ter matado seu primo Patroclo.

Gabriel França disse...

Oi Letícia obrigado por me ajudar e complementar a máteria com o seu comentário, alguns filmes eu não assisti ou assisti há muito tempo por isso alguns detalhes me passaram despercebido, mas é pra isso que servem os comentários, pra completar os posts. Abração!

Leticia de Paula disse...

Legal Gabriel. Curtindo demais esse blog. Vc é fera. Não deixe de comentar Hercules 3D. Vou assistir de curiosa, pois pelo trailler já vi que mudaram toda a história. Algo sobre ele ser vendido como escravo e obrigado a competir em arenas. Parece mais com gladiador, que é um filme que eu gosto, mas que não representa a vida de nosso Herói Hercules.

Ruan Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ruan Souza disse...

Ali no começo da matéria onde fala do furia de titãs, vcs colocaram Hades como Deus da Morte, e isso foi um equívoco, o Deus da Morte na Mitologia Grega era Thanatos, irmão Gemeo de Hypnos Deus do Sono, Hades era o Deus do SubMundo, ele era o Deus dos Mortos e não da Morte !

Ruan Souza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
robleao disse...

Cara, qual filme vc me indicaria para saber corretamente, rs, da história de chronos??
vlw

Hernane Ribeiro disse...

Sabe me dizer o nome de um filme muito antigo, anos 30 ou 40 preto e branco sobre a Medusa? Assisti quando era criança nos anos 70 na TV Bandeirantes.

levii rivaii disse...

Sabe cara, eu olhei muitos desses filmes ai e concordo com tigo, mas uma coisa que tu errou é que Hades tem sim um bidente, os deuses tem mais de um artefato que os representam, então esta certo sim. Pelo menos isso né.

Giuliano Pietoso disse...

Muito bom o artigo. Se não me engano a arte inglesa Dawn Ades tem um livro muito bacana sobre essa temática, uma pena que não estou em casa agora se não colocaria o link aqui, mas de qualquer forma parabéns pelo artigo!!

Raissa Rosa disse...

oi eu gosto muito da mitologia grega e das lendas mitologicas
Eu comecei a gostar de mitologia grega depois que eu assisti o filme percy jakson e o ladrao de raios

Klaudyo disse...

Comecei a gostar de mitologia grega através dos Cavaleiros do Zodíaco onde pesquisei as lendas mitológicas. Além dos Cavaleiros, curto D+ God of War e Percy Jackson com a introdução de elementos mitológicos na atualidade, mas Imortais é um dos piores filmes e desvirtuou a história do Teseu e minotauro. Quanto à Fúria de Titãs, que eu saiba, Andrômeda foi acorrentada e não amarrada com cordas. Aproveito para dizer que esse blog é show!

Viick Lucena disse...

Eu fiquei meio indignada por nenhum dos fãs de mitologia grega assim como eu notarem o seguinte fato em Percy Jackson: Como é, pelo amor de Deus, que Annabeth é filha de Athena sendo que Athena prometeu ser eternamente VIRGEM? Fiquei despaontada com você, Gabriel e com os fãs de Mitologia Grega em relação a isto.

Allan Vdsouza disse...

Viick Lucena
Em PJO, pelo menos nos livros já foi explicado como Atena tem filhos.
E sobre um certo comentário que eu vi ai: Gaia É A TERRA, ELA É A MÃE TERRA.
Ei mas é muito legal o Blog.

Unknown disse...

mano sinceramente filmes de mitologia grega ta muito escaça no mundo porra 2014 e nenhum nenhum filme de verdade sobre mitologia porra ja ta na hora de sair algum ne o melhorsinho pra mim o q foi mas fundo na mitologia e ta em primeiro lugar na minha opiniao q realmente ééé um filme de verdade de mitologia grega e furia de titãs 2 leiam bem furia de titãs 2 o um e uma merda mas o 2 te q fim acertaram um pouco ne ta comessando a melhora mas pra mim sem sombra de duvidas nenhuma historia no plneta se igula de de kratos god of war pena q esse game nunk saium filme para nois ir 15 20 vezes no cine assisti god of war pode ser um game mas pra mim e como um game filme seriado puta q paril a melhor historia do universo de mitologia grega ta pra nasce o cara q ira cria uma historia melhor meu simplesmente fodastico qm ta cansado de ver esses filmes furreca de mitologia q sai ai na net de 1980 jogue god of war tem 6 jogos surpreendentes da saga eu recomendo pelomenos ate sair um filme decente ;)