segunda-feira, 18 de junho de 2012

Trailer Sensacional do Jogo "ZombiU"


Para acalmar um pouco vocês depois de todas aquelas notícias de ataques canibais que nos impossibilita de não pensar em um apocalipse zumbi de verdade, hoje eu vos trago o trailer sensacional de ZumbiU, um game de terror exclusivo para Nitendo Wii U. O jogo se passa em uma Londres infestada por zumbis. O trailer mostra imagens de pessoas tentando sobreviver desesperadamente às hordas de mortos-vivos. Isso mesmo, só para tranquilizar vocês! Confira:


Lembrou do trailer de Dead Island? Eu também! Este outro trailer mostra um pouco da jogabilidade do game.

 
E por falar em games de zumbi e com todos esses ataques canibais acontecendo, que tal ter uma aula sobre a arte de matar zumbis com Chuck Greene, do jogo Dead Rising 2? Pra quem não sabe, Chuck é um fotógrafo que encontra-se preso em um shopping center infestado por mortos vivos. Além de usar manequins, bolas de boliches, bebedouros e qualquer outro objeto como arma, ele ainda pega os simples produtos das lojas do local e os combina, criando armas fatais para massacrar os mortos (as combo weapons), como um helicóptero de brinquedo com facões amarrados na hélice ou uma luva de boxe com facas implantadas, feito as garras do Wolverine. Veja e inspire-se, para caso um verdadeiro apocalipse zumbi se torne inevitável!


Fique com o trailer de Dead Rising 2, que também é muito foda!


O Chuck Greene é VID4 LOK4!!





PS. Vocês estavam aliviados porque este não é mais um sobre zumbis de verdade, né? Não é sobre um novo ataque canibal... então tenho más notícias, caros leitores. MAIS UM ATAQUE CANIBAL ACONTECEU! Só que a partir de agora, sempre que ocorrer um novo, atualizarei o post sobre os sais de banho. Lá terá sempre a lista completa de ataques canibais envolvendo a droga. Este novo, sobre uma mulher de Nova York que tentou devorar seu namorado e filho de 3 anos, já está adicionado lá na macabra lista. Clique aqui para ver. 

Até =)

sábado, 16 de junho de 2012

Os Melhores Posters #4 - Cisne Negro

Cisne Negro é um thriller psicológico ambientado no mundo do balé da Cidade de Nova York. Natalie Portman interpreta uma bailarina de destaque que se encontra presa a uma teia de intrigas e competição com uma nova rival interpretada por Mila Kunis. O filme faz uma viagem emocionante e às vezes aterrorizante à psique de uma jovem bailarina, cujo papel principal como a Rainha dos Cisnes acaba sendo uma peça fundamental para que ela se torne uma dançarina assustadoramente perfeita.


Nina com uma rachadura através do seu rosto, o que representa a ruptura da sua personalidade

De uma meiga bailarina nasce um gigantesco e ameaçador Cisne Negro

O Cisne Negro penetra na mente de Nina, artomentando sua psique


 
Cisne Negro é simplesmente perfeito, um dos melhores filmes dos últimos tempos. Se você ainda não o assistiu, não deixe de conferi-lo imediatamente. Segue abaixo o excelente trailer do longa:


Veja também os melhores posters de filmes parte 1, parte 2 e parte 3

 Fonte das legendas dos cartazes.

domingo, 3 de junho de 2012

Quem é Quem no Filme "Meia Noite em Paris?

Finalmente chegamos aos 100 seguidores \o/ Muito obrigado, meus caríssimos leitores!


O filme "Meia Noite em Paris", de Woody Allen, venceu o Oscar de melhor roteiro original, além de ter sido indicado também aos prêmios de melhor direção de arte, melhor filme e melhor diretor na cerimônia deste ano. O longa-metragem conta a história do escritor Gil (Owen Wilson), que faz uma viagem mágica por Paris quando o relógio soa meia-noite. Ele volta no tempo e conhece seus ídolos da literatura, dança, artes plásticas e cinema que brilharam na década de 20.

Adorei este filme, achei muito bom e bem criativo, mas confesso que tive de pesquisar sobre todas as personalidades da década de 20 que o filme mostra para poder entendê-lo melhor. Se você não sabe quem foi Ernest Hemingway, Gertrud Stein, Salvador Dalí etc, veja agora, neste post, quem foram esses grandes artistas!

Pablo Picasso 


Pablo Diego José Francisco de Paula Juan Nepomuceno María de los Remedios Cipriano de la Santísima Trinidad Ruiz y Picasso, ou simplesmente Pablo Picasso, foi um pintor, escultor, desenhista e poeta espanhol. É um dos maiores mestres da arte do século XX, considerado um dos artistas mais famosos e versáteis de todo o mundo. Entre as suas principais obras estão os quadros Les Demoiselles d'Avignon e Guernica, onde ele mostra a violência e o massacre sofrido pela população de Guernica durante a Guerra Civil Espanhola.

Ernest Hemingway

Hemingway vivido por Corey Stoll

Trabalhou como correspondente de guerra em Madrid durante a Guerra Civil Espanhola e a experiência inspirou uma de suas maiores obras, Por Quem os Sinos Dobram, que também virou um clássico filme de 1943, com Ingrid Bergman. Escritor americano, Hemingway era parte da comunidade de escritores expatriados que foram viver em Paris, conhecida como "geração perdida", nome inventado e popularizado por Gertrude Stein. Em 1952 publica "O Velho e o Mar", com o qual ganhou o prêmio Pulitzer (1953), considerada a sua obra-prima. Recebeu o Nobel de Literatura de 1954.

Ao longo da vida do escritor, o tema suicídio aparece em escritos, cartas e conversas com muita frequência. Seu pai suicidou-se em 1929 por problemas de saúde e financeiros. Sua mãe o atormentava com a sua personalidade dominadora. Ela enviou-lhe pelo correio a pistola com a qual o seu pai havia se matado. O escritor, atônito, não sabia se ela queria que ele repetisse o ato do pai ou que guardasse a arma como lembrança. Aos 61 anos e enfrentando problemas de hipertensão, diabetes, depressão e perda de memória, Hemingway tomou um fuzil de caça e disparou contra si mesmo.

Gertrud Stein

Gertrud Stein, intepretada no filme por Kathy Bates

Gertrud Stein foi quem leu o romance do protagonista Gil. Como o filme de Woody Allen mostra, ela era grande amiga de nomes como Pablo Picasso, Georges Braque, Ernest Hemingway, Matisse, Derain, Juan Gris, Apollinaire, Francis Picabia e Ezra Pound. Escritora e poeta americana, Stein escreveu o livro "Autobiografia de Alice B. Toklas", clássico da literatura americana. Com estilo muito próprio, a narrativa conta como jovens artistas e escritores vindos das mais diversas partes do mundo se encontram em Paris e detonam novos caminhos para a arte.

 F. Scott Fitzgerald e Zelda Fitzgerald



Interpretado no filme por Tom Hiddleston (sim, o Loki, de Os Vingadores!), Francis Scott Fitzgerald é considerado um dos maiores escritores americanos do século XX. Suas histórias, reunidas sob o título Contos da Era do Jazz, refletiam o estado de espírito da época. Também foi um dos escritores da chamada "geração perdida" da literatura americana. Com a esposa, Zelda Sayre, Fitzgerald mudou-se para a França, onde concluiu o terceiro e o mais célebre de seus romances, O Grande Gatsby. Essa obra, uma das mais representativas do romance americano, descreve a vida em alta sociedade com uma aguda reflexão crítica. Em 1934 publicou Tender is the Night (Suave é a Noite), romance pungente que o autor considerava sua melhor obra. Também foi ele quem escreveu o famoso conto O Curioso Caso de Benjamin Button, em 1921.

Zelda Fitzgerald, vivida no longa por Alison Pill, é a maluquinha que tenta se jogar no mar, mas é impedida por Gil em "Meia Noite em Paris". Novelista americana, Zelda Sayre Fitzgerald, tornou-se esposa do escritor Scott Fitzgerald, com quem teve uma conturbada relação. Os jornais, à época, chamavam o casal de "estrelas da era do jazz" e "os loucos dos anos vinte". Scott usava trechos do diário de Zelda em suas obras. Buscando uma identidade artística própria, Zelda escreveu artigos para revistas e histórias curtas, e aos 27 tornou-se obcecada pelo balé, praticando até a exaustão. A estirpe do seu casamento tempestuoso, o alcoolismo de Scott, e sua crescente instabilidade foi o presságio para a internação de Zelda num hospício. Ela foi diagnosticada com esquizofrenia. Escreveu ainda um semi-romance autobiográfico, Essa Valsa é Minha, que foi publicado em 1932. Scott ficou furioso por ela ter usado o material da sua vida juntos, embora ele passaria a fazer o mesmo, como em Suave é a Noite, publicado em 1934, os dois romances fornecem contrastantes retratos desse casamento conturbado.

Salvador Dalí

Salvador Dalí vivido por Adrien Brody

Salvador Domingo Felipe Jacinto Dalí i Domènech, conhecido apenas como Salvador Dalí foi um importante pintor espanhol, conhecido pelo seu trabalho surrealista. Ganhou fama com a combinação de imagens bizarras, oníricas e com excelente qualidade plástica em suas obras. Tinha uma reconhecida tendência a atitudes e realizações extravagantes destinadas a chamar a atenção, o que por vezes aborrecia aqueles que apreciavam a sua arte. Ao mesmo tempo que incomodava os seus críticos, já que sua forma de ser teatral e excêntrica tendia a eclipsar o seu trabalho artístico. No filme ele aparecia numa mesa ao lado de Luis Buñuel e Man Ray falando sobre rinocerontes, isto porque ele viria a esculpir um de seus mais famosos trabalhos, o Rinoceronte vestido con puntilhas, em 1956. Entre suas pinturas mais conhecidas estão A Persistência da Memória e A Metamorfose de Narciso.

+ Em "Little Ashes", Robert Pattison interpreta o pintor espanhol em sua fase jovem quando estava apaixonado pelo poeta Federico García Lorca. O filme tem estréia prevista para outubro no Brasil.

Luis Buñuel


Buñuel também está em Meia Noite em Paris, como amigo de Salvador Dalí. Quando Gil discorre sobre questões existenciais que o afligem, Buñuel diz que isso daria um bom filme. Luis Buñuel foi um cineasta espanhol, influenciado pelo aspecto surrealista de Dalí. A obra cinematográfica de Buñuel, aclamada pela crítica mas sempre cercada por uma aura de escândalo, tornou-o um dos mais controversos cineastas do mundo. Em conversa reservada com Buñuel, Gil dá a ideia geral do que viria ser o genial filme “O Anjo Exterminador”, de 1961, em que pessoas em uma festa não conseguem deixar o salão e lá permanecem confinados sem nenhuma razão aparente. Entre seus principais filmes estão Viridiana (1961), O Cão Andaluz (1929), O Fantasma da Liberdade (1974) e Ensaio de um Crime (1955). Buñel é uma forte influência para Pedro Almodóvar.

Man Ray


Man Ray - pseudónimo de Emmanuel Rudnitzky, formado por duas pequenas palavras, que significam homem (man), e raio (ray) de luz ou de sol. Ray era um pintor americano. Mas foi em Paris que se tornou um dos fotógrafos mais famosos do mundo. Em uma boate francesa, ele conheceu a cantora Kiki de Montparnasse, quem ele imortalizou em suas fotografias que a retratavam nua e que hoje, em leilões de arte, atingem preços elevadíssimos. Uma das mais famosas é a Le violon d'Ingres.

Responsável por inovações artísticas na fotografia, Ray desenvolve a sua arte, a raiografia, ou fotograma, criando imagens abstratas, obtidas sem o auxílio da câmera, mas com a repetida exposição de papel fotográfico à luz e usando objetos para bloquea-la parcialmente, formando desenhos e imagens como esta. Também desenvolveu a técnica da solarização, pela qual inverte parcialmente os tons da fotografia ao expô-la ao sol, criando fotos como a "Natasha"(1931). Também trabalhou como cineasta, produzindo filmes surrealistas, como L'Étoile de Mer, de 1928. Outra famosa fotografia sua é "Lágrimas de Vidro", de 1930. 

"Lágrimas de Vidro", bela fotografia de Man Ray

Cole Porter


Cole Albert Porter aparece no longa tocando piano na festa em que Gil chega. Naquela cena, ele toca ao piano a divertida canção que simboliza o período que passara na França e que posteriormente seria o destaque de um espetáculo de sucesso na Broadway em 1928, chamado “Paris”. A canção é “Let’s Do It (Let’s Fall in Love)”. Cole foi um músico e compositor consagrado. Ganhou fama pelas letras sofisticadas, ritmos inteligentes e formas complexas. Entre as principais músicas, destaque para "Night and Day", "I Get a Kick Out of You", "I've Got You Under My Skin" e o musical "Kiss Me, Kate", baseado em uma obra de Shakespeare. Mesmo com esta voz grossa, Cole era homossexual e escreveu a música "Easy to Love" para o arquiteto Ed Tauch, um de seus vários amantes. Porter é um dos maiores contribuidores do Great American Songbook.

Joséphine Baker 


Baker aparece dançando e cantando em "Meia Noite em Paris". Josephine Baker, nome artístico de Freda Josephine McDonald foi uma célebre cantora e dançarina norte-americana, naturalizada francesa em 1937, e conhecida pelos apelidos de Vênus Negra, Pérola Negra e ainda a Deusa Crioula. Josephine Baker é também considerada como a primeira grande estrela negra das artes cênicas.

Começou sua carreira ainda criança, como artista de rua, dançando. Participou de espetáculos de vaudeville (amostra de entretenimentos variados) de St. Louis Chorus, aos quinze anos de idade. Atuou em Nova York, em alguns espetáculos da Broadway, em 1921 e 1924. Em 2 de outubro de 1925 estreou em Paris, no Théâtre des Champs-Élysées, fazendo imediato sucesso com sua dança erótica, aparecendo praticamente nua em cena. Suas apresentações ficaram memoráveis, dentre elas uma em que vestia uma saia feita de bananas.

Fotografia de Man Ray mostrando Gertrud Stein e, ao fundo, o seu retrato pintado por Pablo Picasso


Fonte: Wikipédia

Agora que você já conhece os autores e personalidades que aparecem em "Meia-Noite em Paris", que tal ver o filme de novo? Ah, e não esqueçam de ver também o post aí embaixo sobre os misteriosos "ataques canibais" no EUA. Afinal, será que os apocalipse zumbi já começou??