domingo, 7 de agosto de 2011

Ícaro e Dédalo


Ícaro era filho de Dédalo, um arquiteto habilidoso e criativo, que tem como um de seus maiores feitos o labirinto no palácio do rei Minos, de Creta, que aprisionava o terrível Minotauro. Por ter ajudado Ariadne, a filha de Minos a fugir com Teseu, Dédalo provocou a ira do rei que, como punição, ordenou que Dédalo e seu filho fossem jogados no labirinto. Outra versão conta que Dédalo, com a ajuda de seu filho, construiu um labirinto tão complexo que até eles se perderam e nunca mais conseguiram sair.

Dédalo sabia que sua prisão era intransponível, e que Minos controlava mar e terra, sendo impossível escapar por estes meios. "Minos controla a terra e o mar", teria dito Dédalo, "mas não as regiões do ar". Dédalo projetou asas, juntando penas de aves de vários tamanhos, amarrando-as com fios e fixando-as com cera, para que não se descolassem. Foi moldando com as mãos e com ajuda de Ícaro, de forma que as asas se tornassem perfeitas como as das aves. Estando o trabalho pronto, o artista, agitando suas asas, se viu suspenso no ar. Equipou seu filho e o ensinou a voar.  Então, antes do vôo final, advertiu Ícaro de que deveriam voar a uma altura média, nem tão próxima ao Sol, para que o calor não derretesse a cera que colava as penas, nem tão baixo, para que o mar não pudesse molhá-las. Dédalo levantou vôo e foi seguido por Ícaro.

Eles primeiramente se sentiram como deuses que haviam dominado o ar. Ícaro, estava indo alto demais, seu pai gritava para ele descer, mas Ícaro não lhe dava ouvidos, estava tão deslumbrado que só pensava em ir cada vez mais alto, talvez inebriado pela sensação de liberdade e poder, depois de ficar tanto tempo aprisionado no labirinto. Devido a elevada altitude, a cera de suas asas começou rapidamente a derreter com o calor do sol e Ícaro percebeu-se a cair em direção ao oceano. Ele batia os braços, já sem quase nenhuma pena, para tentar se reerguir, mas era em vão. Ícaro despencou ao mar e morreu afogado.

O corpo de Ícaro boiava no mar, rodeado de várias penas também flutuando enquanto algumas ainda caiam lentamente sobre ele. Lamentando suas próprias habilidades, Dédalo enterrou o corpo numa ilha e chamou-a de Icaria em memória a seu filho.

---------------------------------------

Essa foi uma das primeiras histórias da mitologia grega que eu ouvi, meu pai me contava quando eu era criança para me dar uma lição de moral, dizendo que o filho deve sempre obedecer o pai caso contrário acarretará graves consequências, e foi a partir daí que começou a minha paixão pelos mitos gregos.

3 comentários:

Tsu disse...

Olá Gabriel!

O mito de Ícaro é uma grande lição sobre os limites do ser humano. Uma boa história.

Olha não sei se essas pessoas fizeram curso de fotografia, mas certamente a pessoa que fotografou sabia fotografar bem! E as poses vai da pessoa mesmo....agora muitos efeitos das fotos são ajustados no photoshop.
Bom, o Walt Disney tinha sim relação com magia e coisas do tipo. Se não me engano li uma vez que ele gostava de miticismo e talz...e se lembrarmos os contos de fada, são contos medievais cuja versão original sçao bem sombrias e chocantes..a Disney apenas tornou as histórias "bonitas'. Mas para manter uma "homenagem" aos contos originais ele inseriu um ou outro elemento. Li certa vez que no comçeo, os produtores Disney estavam á frente de seu tempo. Tanto é que a animação de curtas presentes em Fantasia tratam de um contexto bem impactante para "desenho". Tanto é que fantasia não é uma coletânea de desenhos infantis.

bjs
http://www.empadinhafrita.blogspot.com

Elizane disse...

Adoro mitologia grega narrada em sua forma mais original e íntegra. É detestável quando Holywood faz suas "adaptações" grotescas distorcendo toda a personalidade dos mitos e a integralidade das estórias. Gosto de cinema, mas quando não respeita a história e a mitologia, não se pode aceitar...

Gabriel França disse...

É verdade, Elizane. infelizmente Hollyhood assassina a mitologia grega, fazendo filmes que distorcem quase totalmente as lendas originais.

Fiz um post sobre os filmes baseados na mitologia grega e seus desvios das lendas original. Segue o link:

http://monteolimpoblog.blogspot.com.br/2012/04/13-filmes-inspirados-na-mitologia-grega.html

Obrigado por comentarem!